quinta-feira, 15 de abril de 2010

Croquis dos Blocos de Bragança

Finalmente, após tanta promessa, aqui está uma primeira versão (ainda em construção) dos croquis dos blocos de Bragança.

O acesso aos blocos é extremamente fácil. Encontram-se bem perto do centro da cidade e do castelo de Bragança. Num local que conta com uma paisagem agradável e ainda natural, nas margens do rio Fervença.

Os blocos em si, são de uma rocha da familia do Xisto de cor negra ou castanho escuro. A escalada é técnica na maioria em reglets e monodedos e bidedos de meia falange. Os problemas apesar de poucos combinam um conjunto de técnicas e permitem a quem esteja por Bragança a viver ou de passagem um conjunto de desafios no mínimo interessante.

ACESSO:


O acesso mais fácil, para quem não conhece Bragança, penso que seja ir até ao Centro de Ciência Viva. Pois toda a gente sabe onde fica (pelo que poderão perguntar) e existem até placas espalhadas pela cidade informando da sua localização. O Centro de Ciência Viva encontra-se na zona velha da cidade (perto do Castelo) junto às margens do Rio Fervença. Para quem se desloca de carro, existe um parque (marcado com "P" na imagem). Descendo as escadas encontrarão o centro.

Chegados ao Centro de Ciência Viva o blocos estão imediatamente após a ponte, ou seja estão do outro lado do rio (marcado com "1" na imagem)

Aqui, existem dois blocos abertos. Um de progressão vertical e outro em travessia.

Existe um outro sector, chamado de "ETAR", por se encontrar junto da ETAR de Bragança. Para chegarem lá basta seguirem o passadiço de madeira que vai acompanhando o Rio no sentido juzante. Esse passadiço ao mesmo tempo que acompanha a margem do Rio também vai contornando a colina onde está o Castelo. É um passeio agradável!. Caso não pretendam a caminhada também poderão se deslocar de carro. Basta perguntarem onde é a ETAR.


Ao chegarem à ETAR, e estando já a pisar o alcatrão, deverão ultrapassar uma "cancela" rústica que "impede" a entrada num terreno agricola. Dentro do terreno agricola deverão procurar subir a encosta, os blocos são visiveis daí. (Na imagem está marcado como o ponto "2")

Neste sector encontrarão um bloco aberto. (existem mais por abrir) com 4 a 5 problemas.

BLOCOS:

Sector Ciência Viva




Sector ETAR




(Actualização 21.04.2010)
*** NOME DAS VIAS E GRAUS ***
1- sem nome (6c?)
2- sem nome (IV)
3- Balls (IV+)
4- Entre Amigos (6a)
5- sem nome (IV); variante pela esquerda (IV);
6- Dabiguiningue (IV+)
7- Dança da Chuva (6b??)
8- Nanodiedro (IV+)
9- O voo e a placagem (IV+)


Agradecimentos ao Filipe pela sua persistência em abrir problemas muitas vezes sozinho e em locais onde nenhum humano terá ido antes.

Agradecimentos ao Tiago pelas fotografias.



3 comentários:

fcristovao disse...

Agradecimentos também para ti. Pela criação dos croquis e por todo o empenho e motivação na exploração e divulgação da escalada nesta Terra Fria.

Um abraço, Filipe Cristóvão

climber disse...

o 6c que aparece nas fotos tem o seu inicio sentado ou de pé?

Spiri disse...

Devido às obras da ciclovia o bloco da Ciência Viva está temporariamente indiponível (problemas 2,3 e 4). Esperemos que as obras não danifiquem o bloco...